O mundo digital revolucionou a forma de consumo de conteúdo nos dias de hoje. Atualmente, cada vez mais materiais são criados e distribuídos para o mercado digital, que vem crescendo com o passar dos anos.

O infoproduto é um material feito e distribuído pelo âmbito virtual, todas suas etapas são feitas pela rede de internet, ou seja, criação, fabricação, distribuição e etc. variam entre materiais didáticos, e-books, vídeo-aulas dentre muitos outros.

Infelizmente, muitos produtores de conteúdos digitais ainda não têm consciência da importância do registro das marcas dos seus infoprodutos.

A importância desse produto ser registrado se dá pelo fato da facilidade de uma cópia pirata, a venda por terceiros em páginas da internet. Esta é uma etapa muito importante a ser concluída antes mesmo de disponibilizar este material, que ocorre por meio de uma formalização por escrito, ou seja, um contrato para proteger a propriedade intelectual do autor.

Como fazer o registro do seu infoproduto

O primeiro passo deve ser feito no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Intelectual) que é o órgão oficial responsável pelo registro de marcas, depois do registro ele se torna um patrimônio podendo ser alvo de compra, venda e negociação.

O ISSN (International Standard Serial Number), no português, “Número Internacional Normalizado para Publicações Seriadas” gera um código em números único e individual para este produto, eles conseguem identificar um titulo ao longo de todo o processo independente do país ou idioma que foi publicado.

Após entrar com o pedido de registro no INPI, o criador deste infoproduto já tem em mãos a primeira prova que demonstra seus direitos sobre aquela criação. Depois  disso, o criador tem direito legal e exclusivo de utilizar aquele material.

Fique ligado, o infoproduto mais utilizado indiscriminadamente é o e-book, portanto o seu registro é de extrema necessidade. É muito comum a prática da pirataria em criações disponibilizadas na internet, inclusive, a venda não autorizada em sites como Mercado Livre.

É necessário o registro de quaisquer materiais criados e distribuídos pela internet, isso garante que o criador do infoproduto corra atrás de seus direitos legais sobre o mesmo e exija total exclusividade e propriedade intelectual sobre aquele determinado produto.